Projeto da FGV vai mapear iniciativas da Internet das coisas no Brasil

03
Abril
 
 

Criar uma ampla base de conhecimento sobre Internet das Coisas, elaborar um panorama das principais iniciativas e tendências nessa área e propor medidas para a consolidação e utilização da IoT no país e criar um observatório para acompanhar as iniciativas públicas e privadas. Esses são os principais objetivos do projeto de pesquisa aplicada que o Centro de Estudo de Tecnologia de Informação Aplicada (GVcia), da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), está lançando. O projeto sobre Internet das Coisas (IoT) estudará pelos próximos três anos este novo nível de inovação no ambiente de negócios.

A Internet das Coisas é uma revolução tecnológica. Ela interliga dispositivos eletrônicos do dia a dia, como telefones, eletrodomésticos, veículos e máquinas industriais, a grandes bases de dados, redes e internet, tornando esses aparelhos inteligentes. Pode ser aplicada, entre outros segmentos, no setor automotivo, na segurança empresarial e residencial e no monitoramento de saúde.

O Projeto IoT tem apoio do Conselho de Executivos do GVcia, formado por dez dos principais CIOs do Brasil, e prevê a participação de executivos, profissionais e acadêmicos num esforço conjunto para entender e desenvolver este que é considerado o novo nível de ambiente digital.

Alberto Luiz Albertin, professor titular da EAESP e coordenador do projeto, explica que “apesar do nome, o projeto não se limita a estudar o que se chama de IoT, mas também o uso de todas as tecnologias e aplicações que estão disponíveis e surgirão para viabilizar e explorar este novo nível de integração digital”. Big Data, Computação Cognitiva, Learning Machine, BYOD, Computação em Nuvem, Croudsourcing e muitas outras tecnologias se integraram nessa tendência em conectividade.

Pela abrangência do projeto, empresas e organizações privadas e públicas estão sendo convidadas a estabelecer parceria com o GVcia, com o intuito de formar um corpo de representantes da oferta e da demanda dessa tecnologia e do ambiente onde ela está inserida e no qual se expandirá.

“O uso de IoT crescerá rapidamente e isso trará grandes impactos para a sociedade e para as empresas, os positivos devem ser aproveitados e os negativos devem ser tratados adequadamente”, diz Albertin.

O Projeto IoT do GVcia tem como seu principal resultado esperado contribuir para que o uso desta tecnologia se desenvolva, consolide e traga impactos sociais e econômicos positivos, sustentáveis e acessíveis no Brasil.
fonte: http://www.businessleaders.com.br

 
 

Voltar

 
Newsletter
 

BakelitSul Acessórios Industriais


Componentes padronizados para máquinas e equipamentos

Rua Jacob Luchesi, 2135 - 95032-000 Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS - Brasil