Produção de caminhões e ônibus registra alta em junho

11
Julho
 
 

A indústria brasileira de caminhões e ônibus fechou o mês de junho com alta no volume produzido, segundo o balanço divulgado pela Anfavea no dia 6 de julho, em São Paulo. A produção de caminhões de caminhões somou 5,6 mil caminhões; a de ônibus fechou o mês com 1,8 mil unidades fabricadas.

Em junho, a produção de caminhões foi 4,5% superior a de maio (5,3 mil unidades) e 5,4% acima da registrada no mês de junho de 2015 ( 5,3 mil unidades). A produção acumulada no semestre (31,3 mil unidades), porém, ficou bem abaixo (-24,8%) do volume produzido no mesmo período do ano passado (41,6 mil).

Já a produção de chassis de ônibus fechou o mês de junho com pouco mais de 1,8 mil unidades, com alta de 22,3% na comparação com maio, quando foram produzidas 1,5 mil, e de 1,4% sobre junho de 2015, quando foram produzidas 1,7 mil unidades. Assim como no caso dos caminhões, a produção de ônibus fechou o semestre em queda: 9,2 mil unidades saíram das linhas de montagem de janeiro a junho de 2016, contra 13,9 mil no mesmo período do ano passado, o que representa queda de 33,4%.

Exportações - No primeiro semestre foram exportados 9,4 mil caminhões, 8% inferior aos 10,2 mil de 2015. Já as exportações de chassis para ônibus somaram 3,8 mil no primeiro semestre de 2016, 17,7% mais que no mesmo período de 2015, quando foram exportados 3,3 mil.

AUTOMÓVEIS - No total, a indústria automobilística produziu 182,6 mil veículos em junho, alta de 4,2% sobre maio e retração de 3% na comparação com junho de 2015. No semestre, o setor acumula queda de 21,2%: 1 milhão de unidades produzidas em 2016, contra 1,3 milhão produzidas no mesmo período do ano passado.

“Os números de junho representam o segundo melhor mês do ano e confirmam a estabilidade de mercado dos últimos meses, mas a situação vivida pela indústria automobilística brasileira é preocupante, pois os patamares atuais são os mesmos de dez anos atrás”, disse o presidente da Anfavea, Antonio Megale. “É importante notar que tivemos feriados religiosos, as famosas festas juninas, em diversas cidades e paralisações pontuais nos licenciamentos no Estado de São Paulo em função de algumas greves, que impactaram o balanço do mês. Não fosse isso, o desempenho teria sido ainda melhor”.

fonte:http://www.usinagem-brasil.com.br/

 
 

Voltar

 
Newsletter
 

BakelitSul Acessórios Industriais


Componentes padronizados para máquinas e equipamentos

Rua Jacob Luchesi, 2135 - 95032-000 Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS - Brasil