Fabricantes de máquinas planejam ampliar investimentos em 2020

17
Fevereiro
 
 

Os fabricantes de máquinas e equipamentos pretendem ampliar seus investimentos em 2020. É o que revela a pesquisa realizada pela Abimaq com seus associados no início deste ano. Conforme o levantamento, a maioria dos investimentos (35,5%) será destinada a modernização tecnológica.

A pesquisa confirma a expectativa otimista do setor, que espera crescimento de dois dígitos no faturamento no mercado interno em 2020, de acordo com outro levantamento realizado pela entidade no final do ano passado, desta vez com as suas câmaras setoriais.

Um dos responsáveis pelo levantamento, Leonardo Silva, analista de Economia e Estatística da Abimaq, informa que a pesquisa é realizada anualmente pela entidade há mais de duas décadas. Até 2012, a média de investimentos do setor girava em torno de 10% da receita líquida de vendas (RLV). A partir de então, com o início da crise econômica, a taxa de investimento caiu para cerca de 3% da RLV.

“A pesquisa realizada no ano passado já havia revelado um aumento na intenção de investimentos do setor, com uma previsão de investimento de 4,6% da RLV. O realizado, porém, superou o previsto em 30,1%”, informa o analista. “A pesquisa de 2020 aponta para um novo aumento, agora de 22,9%”.
Para Leonardo Silva, o aumento dos investimentos do setor é um reflexo do aumento da demanda. Em 2018 e 2019, após vários anos de retração, o faturamento do setor voltou a crescer. “E os fabricantes, que reduziram seus níveis de investimento durante a crise, precisaram voltar a investir para estar preparados para o aumento da demanda”, diz. E complementa: “a percepção de que a retomada irá continuar em 2020 justifica o aumento na previsão de investimentos para este ano”.

De acordo com a pesquisa, o maior volume de investimento dos fabricantes de máquinas e equipamentos em 2020 será destinado à modernização tecnológica: 35,5%; em seguida vem Reposição de Máquinas Depreciadas, com 28,2%; em terceiro está Ampliação da Capacidade industrial, com 24,3%; Outros Investimentos respondem pelos 12% restantes.

Os investimentos realizados em 2019 tiveram distribuição muito semelhantes às previsões para 2020: Modernização Tecnológica, 33,9%; Reposição de Máquinas Depreciadas, 31,5%; Ampliação da Capacidade Indústrial, 23,2%; e Outros, 11,4%.

A pesquisa mostra também que o maior volume de investimento previsto para 2020 (e realizado em 2019) se concentra nas empresas de médio porte, com quase 60% do previsto. São também as médias empresas que prevêem maior aumento nos investimentos em 2020: 51,2%. Já o volume a ser investido pelas micro e pequenas empresas deve crescer 8,3%, enquanto nas grandes empresas a previsão é de queda de 5% no total a ser investido.

A pesquisa “IBKM Investimento: Previstos e Realizados” foi feita em janeiro de 2019. Dos cerca de 1.600 associados da entidade, pouco mais de 10% responderam aos questionários enviados pela Abimaq.

FONTE http://www.usinagem-brasil.com.br/

 
 

Voltar

 
Newsletter
 

BakelitSul Acessórios Industriais


Componentes padronizados para máquinas e equipamentos

Rua Jacob Luchesi, 2135 - 95032-000 Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS - Brasil