Coca-Cola investirá R$ 1,6 bi em reciclagem no País

26
Janeiro
 
 

A The Coca-Cola Company adotou nova política de reciclagem com objetivos ambiciosos: ajudar a recolher o equivalente a 100% das embalagens que coloca no mercado, até 2030.

O compromisso é o mesmo para todos os países onde atua. No Brasil, a empresa pretende investir R$1,6 bilhão até 2020 - cerca de 30% desses recursos já foram investidos em 2016 e 2017. Para alcançar o objetivo, está atuando em três frentes: design, coleta e parceria.

Atualmente, a Coca-Cola Brasil já garante a destinação correta para 51% das embalagens produzidas e trabalha para chegar a 66% até 2020. Em 2016, esse percentual era de 36%. Esse avanço se deu graças ao aumento de participação de embalagens retornáveis, uso de resina reciclada para a confecção de novas garrafas (Bottle to Bottle) e apoio a mais de 200 cooperativas de reciclagem em todo o país.

“Os números mostram que temos trabalhado de forma consistente, o que nos dá confiança e estímulo para alcançarmos, aqui no Brasil, o objetivo de termos 100% das nossas embalagens destinadas corretamente em 2030”, afirma o presidente da Coca-Cola Brasil, Henrique Braun.

A empresa está investindo em infraestrutura, entre ampliação de linhas de retornáveis, equipamentos de fábrica, compra de vasilhames e engajamento do consumidor, e também em cooperativas de reciclagem.

Redesenho - A empresa tem buscado a redução da quantidade de insumos utilizados. De 2008 a 2016, reduziu, em média, a gramatura das embalagens PET em 20% e aumentou o uso de matéria-prima reciclada nas embalagens produzidas. Mais de 60% da composição de novas latas de alumínio e de garrafas de vidro é proveniente de embalagens recicladas. Juntas, representam 31% do volume de material colocado no mercado, anualmente. E 35% das embalagens PET também já são compostas por resina reciclada.

Reuso - Hoje, cerca de 20% do portfólio é composto por embalagens retornáveis (RefPET e vidro). Esse formato oferece ao consumidor uma opção mais acessível e sustentável, uma vez que cada garrafa é reutilizada até 25 vezes, e não gera resíduos ao final de seu ciclo de uso.

Reciclagem e Parceria - Desde 2008, a empresa investe em cooperativas de catadores de materiais recicláveis, tanto em infraestrutura quanto em metodologia e gestão, em linha com o que prevê o Acordo Setorial de Embalagens, assinado em 2015.

Em 2017, a Coca-Cola Brasil anunciou sua nova plataforma em reciclagem, o Reciclar pelo Brasil. Em parceria com seu principal concorrente (a Ambev), passou a coinvestir de forma mais eficiente, gerando aumento de até 25% nos aportes recebidos por elas.

Coordenado pela Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT), o programa Reciclar pelo Brasil impacta, inicialmente, 110 cooperativas e 5 mil famílias. Ao todo, a empresa apoia 200 cooperativas. A meta é ampliar essa aliança já em 2018, com outras indústrias parceiras.
FONTE http://www.usinagem-brasil.com.br/

 
 

Voltar

 
Newsletter
 

BakelitSul Acessórios Industriais


Componentes padronizados para máquinas e equipamentos

Rua Jacob Luchesi, 2135 / 95032-000 Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS - Brasil
54 3027-3245