Carro voador da NEC paira no ar por 1 minuto em teste

14
Agosto
 
 

Um protótipo de carro voador fabricado pela fabricante japonesa de produtos eletrônicos NEC Corporation foi testado em voo pela primeira vez na última segunda-feira, 5, com resultados tidos como promissores pela empresa. O teste aconteceu na cidade de Chiba, leste de Tóquio.

O veículo decolou a 3 m de altura durante cerca de 1 minuto no interior de uma gaiola de segurança, utilizando sem problemas suas quatro hélices movidas à energia elétrica. Menor que um carro comum, o protótipo é similar a um drone, e está sendo desenvolvido para fazer entregas em voos não tripulados.

O governo japonês pretende começar a comercializar veículos voadores por volta de 2023, começando com o transporte de mercadorias e expandindo para locomoção de pessoas mais perto de 2030. O objetivo é que os veículos sejam usados, sobretudo, para entregas, sem necessidade de piloto.

Tão interessado está o governo japonês em dotar o país deste meio de transporte que criou uma área específica para esse tipo de teste, em Fukushima. Outro objetivo é tornar a indústria do Japão competitiva na modalidade, hoje objeto de disputa entre muitas empresas automotivas, aéreas e de tecnologia do mundo.

A intenção de todas elas é, principalmente, a de reduzir os constantes engarrafamentos nas grandes cidades, e por meio de veículos ecologicamente sustentáveis. De fato, a grande maioria dos projetos de carros voadores em andamento prevê o uso de baterias no sistema de propulsão, em vez de combustíveis fósseis.

Pelo menos 140 projetos de eVtol (sigla em inglês para veículos elétricos de decolagem e pouso vertical) estão em fase de projeto atualmente. Mas, apesar de chamados de carros voadores, a maioria deles apresenta um design mais parecido com helicópteros ou drones, e não com carros convencionais.

Acredita-se que os primeiros voos comerciais ocorram já nos próximos cinco anos. A ideia é que o preço do voo seja cerca do dobro de uma viagem de táxi. Assim, o trajeto entre o Aeroporto de Guarulhos e a Avenida Paulista, em São Paulo, sairia por R$ 300 em um eVtol e, num táxi, por R$ 130. Mas a viagem seria muito mais rápida.

fonte http://www.usinagem-brasil.com.br/

 
 

Voltar

 
Newsletter
 

BakelitSul Acessórios Industriais


Componentes padronizados para máquinas e equipamentos

Rua Jacob Luchesi, 2135 - 95032-000 Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS - Brasil