BNDES projeta avanço nos investimentos nos próximos anos

14
Outubro
 
 

Levantamento produzido por analistas setoriais do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) mostra uma melhora das expectativas de investimentos no país para o quadriênio 2019-2022, especialmente na área de petróleo e gás, mas também na de energia elétrica.

A estimativa é de um investimento total de R$ 1,1 trilhão nos 19 setores mapeados - 11 da indústria e 8 da infraestrutura - responsáveis, respectivamente, por 83% e praticamente 100% dos investimentos, além de responderem por 25% da formação bruta de capital fixo da economia.

Esse valor representa aumento de 2,7% em relação aos investimentos previstos no levantamento anterior, feito para o quadriênio de 2018 a 2021.

Conjuntamente, o BNDES prevê crescimento real médio de 3,9% ao ano no período, puxado por uma aceleração do crescimento no final do quadriênio. Os investimentos, que foram de R$ 250,8 bilhões em 2018, devem aumentar para uma média anual de R$ 270,6 bilhões entre 2019 e 2022.

“O resultado positivo será puxado principalmente pelos investimentos na indústria, com destaque para o segmento de petróleo e gás, impulsionado pela recuperação do preço do petróleo e pelos leilões de concessão ou de partilha de blocos exploratórios ocorridos em 2017 e no início de 2018”, diz Fernando Puga, economista e assessor da presidência do BNDES.

Mas, de acordo com ele, como os projetos de exploração e produção de petróleo são de longa maturação, a maior parte dos investimentos decorrentes desses leilões deverá ocorrer depois de 2021. Para 2022, principalmente, há uma expectativa de aceleração nos investimentos do setor.

A análise mostra ainda melhora das margens de lucro no setor de siderurgia e uma redução no quadro de alto endividamento e restrição de caixa das empresas no segmento de mineração.

Na infraestrutura, a previsão é de investimento médio anual próximo ao estimado no levantamento anterior (2018-2021). O cenário, contudo, é de aceleração dos investimentos em 2021 e 2022, principalmente na área de energia, de forma que o valor em 2022 deverá superar o registrado em 2018.

Os segmentos de logística e saneamento devem mostrar melhor desempenho dos investimentos nas áreas mais carentes de desenvolvimento, sobretudo a partir de 2020. Políticas públicas, mudanças no marco regulatório e programas de concessão de serviços de infraestrutura ao setor privado também influenciarão positivamente os investimentos, mas a situação fiscal dos estados continuará sendo fator de inibição.

Estudo: https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/conhecimento/publicacoes/periodicos/perspectivas-investimento-19-22

 
 

Voltar

 
Newsletter
 

BakelitSul Acessórios Industriais


Componentes padronizados para máquinas e equipamentos

Rua Jacob Luchesi, 2135 - 95032-000 Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS - Brasil